Edit concept Question Editor Create issue ticket

Hipopituitarismo


Apresentação

  • Parto noutra instituição, por cesariana devido a apresentação pélvica, com índice de Apgar no 1º e 5º minuto de 7/9 e somatometria ao nascimento adequada à idade gestacional (peso 3145g no P25, comprimento 47,0cm no P25 e perímetro cefálico 36,0cm no[scielo.mec.pt]
  • Essa revisão foi organizada por deficiência hormonal e cada um desses tópicos inclui epidemiologia, etiologia, apresentação clínica, diagnóstico, preparações hormonais disponíveis para o tratamento de cada deficiência, dosagens, vias de administração,[scielo.br]
Cefaleia
  • Relatamos um caso de hipopituitarismo secundário a aneurisma gigante selar e supra-selar, acomentendo um paciente de 51 anos, sexo masculino, com cefaléia hemicraniana esquerda refratária, apatia e diminuição importante da acuidade visual, principalmente[bases.bireme.br]
  • […] linfocitica, Sínd. da sela vazia, Idiopático, Anorexia, Adenoma hipofisário, Meningioma, Glioma, Metástase, Leucemia, Linfoma, Glicocorticoides, Agonistas GnRH e Análogos GH Comprometimento de 75% do parenquima - defic. de GH - FSH e LH - TSH - ACTH - PRL Cefaleia[brainscape.com]
  • DIAGNÓSTICO MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS FENÔMENOS EXPANSIVOS A cefaleia geralmente tem localização variável, podendo ser retro-orbitária ou referida na parte superior do crânio.[mairimed.com]
  • \u2022 O quadro clínico do hipopituitarismo pode estar associado a outras manifestações: \u2013 hipersecreção de um dos hormônios hipofisários (acromegalia, hiperprolactinemia, gonadotrofinas) \u2013 efeito de massa (cefaléia, alteração de campo visual[passeidireto.com]
  • Para além destes sintomas provocados pelos problemas na hipófise adicionam-se outros consequentes dos problemas no hipotálamo e, quando a origem reside num tumor, também sinais neurológicos, como cefaleias e problemas na visão.[algarveprimeiro.com]
Náusea
  • \u2022 Deficiência de ACTH - Sintomas inespecíficos: letargia, fraqueza, anorexia, náusea, vômito, mialgia, hipotensão, hipoglicemia. ! - Queda dos pelos pubianos e axilares e diminuição da libido na mulher. ! - Palidez cutânea. ![passeidireto.com]
  • O paciente deve ser alertado de possíveis efeitos colaterais: náusea, vermelhidão em face e desejo de urinar. O envolvimento hipofisário poderá ser verificado através de baixos valores de T4 livre e níveis normais ou baixos de TSH (10).[rb.org.br]
  • Esses picos são seguidos por períodos de cortisol sérico normal e baixo, antes da próxima dose (69), especialmente pela manhã, podendo causar sintomas como fraqueza, astenia, náusea e cefaléia no início da manhã.[scielo.br]
Fadiga
  • Glioma, Metástase, Leucemia, Linfoma, Glicocorticoides, Agonistas GnRH e Análogos GH Comprometimento de 75% do parenquima - defic. de GH - FSH e LH - TSH - ACTH - PRL Cefaleia, Déficit visual, Atraso puberal, Amenorreia, Perda da libido, Depressão, Fadiga[brainscape.com]
  • DEFICIÊNCIA DE TSH OU TRH Os sintomas incluem: fadiga, fraqueza, dificuldade para perder peso, pele seca, pálida e infiltrada, cabelo ressecado e escasso, fala lenta, constipação intestinal, intoler![mairimed.com]
  • Ao mesmo tempo também estão associados sinais como a fadiga, hipotensão arterial, concentração saguínea baixa de açúcar e baixa tolerância ao stress que podem ser considerados sintomas comuns do hipopituitarismo.[algarveprimeiro.com]
  • A sua etiologia é semelhante a verificada em faixas etárias inferiores, mas os sintomas associados a HP parcial ou completa, como fadiga, diminuicao da forca muscular e diminuicao da libido podem ser atribuidos ao processo de envelhecimento8.[cyberleninka.org]
  • No paciente ambulatorial mais sintomático, fadiga, anorexia, náusea, vômito e perda de peso são dados clínicos que podem chamar a atenção e gerar extensa investigação à procura de neoplasias, sobretudo do trato gastrointestinal.[scielo.br]
Palidez
  • - Palidez cutânea. ! - Hiponatremia e hipercalemia são poucos freqüentes. HIPOPITUITARISMO\u2028 Hipotireoidismo QUADRO CLÍNICO ! \u2022 Hipotireoidismo - quadro clínico insidioso e menos grave do que o hipotireoidismo primário ![passeidireto.com]
  • No internamento foi verificada astenia importante, palidez cutanea, fácies apática e edemaciada e pressao arterial baixa (90/63 mmHg). Nao apresentava outras queixas ou alteracoes de relevo ao exame objetivo.[cyberleninka.org]
  • Prostrado e pouco reactivo, escala de coma de Glasgow 10 (O3 V2 M5), palidez cutânea e má perfusão periférica, sem sinais de dificuldade respiratória e sem sinais meníngeos. Auscultação cardíaca sem alterações.[scielo.mec.pt]
  • Contudo, ao exame físico mais cuidadoso, pode-se observar diminuição de pêlos axilares e pubianos, palidez cutânea, descoramento de mucosa, despigmentação da aréola mamária e hipotensão postural.[scielo.br]
Aumento de peso
  • A paciente apresenta-se com ascite, derrame pleural, hemoconcentração e aumento do peso, e o quadro se desenvolve rapidamente em 3 a 4 dias, na segunda semana após a indução da ovulação (37,39).[scielo.br]
Alopécia
  • A reposição de andrógenos na mulher pode trazer efeitos masculinizantes indesejáveis, como alopécia, mudança no timbre da voz, hirsutismo, clitoromegalia e acne.[scielo.br]
Artralgia
  • […] ncia ao frio, mialgia, artralgia, parestesias, reflexos tendinosos lentos e bradicardia. Nas mulheres, podem ocorrer alterações do ciclo menstrual.[mairimed.com]
  • Efeitos Colaterais e Contra-indicações do GH em Adultos O efeito adverso mais freqüente da reposição do GH é a retenção hídrica, conseqüente ao efeito anti-natriurético do GH, que se manifesta por artralgia, mialgia, síndrome do túnel do carpo e/ou edema[scielo.br]

Exames clínicos

  • Quadro Clínico e Diagnóstico A maioria dos pacientes portadores de deficiência adrenocorticotrófica pode se manter pouco sintomática na maior parte do tempo e passar despercebida pelo exame clínico rotineiro.[scielo.br]

Tratamento

  • […] jejum Tratamento da deficiência de ACTH: *Hidrocortisona 15-25mg/dia, 2/3 pela manha e 1/3 à tarde *Prednisona 5-7,5mg/dia Tratamento do Pan-hipopituitarismo: Repor Cortisol - outros hormônios[brainscape.com]
  • O MPF solicitava também o fornecimento da medicação necessária ao tratamento de um homem que adquiriu o hipopituitarismo como seqüela de cirurgia realizada para tratamento da Síndrome de Cushing.[expresso-noticia.jusbrasil.com.br]
  • Tratamento: Em termos de opções de tratamento, importa ter em conta alguns aspectos, isto porque, se o hipopituitarismo for causado por uma lesão ou tumor, as opções de tratamento são a remoção do tumor, radiação ou ambas as soluções, sendo que a terapia[algarveprimeiro.com]
  • TRATAMENTO O tratamento do hipopituitarismo visa corrigir os déficits hormonais, amenizando os sintomas decorrentes de cada deficiência e melhorando a qualidade de vida do paciente.[mairimed.com]
  • As causas mais frequentes sao os tumores hipotálamo--hipofisários ou as consequencias do seu tratamento (cirurgia, radioterapia).[cyberleninka.org]

Prognóstico

  • Prognóstico: É de ter em conta que, o hipopituitarismo é geralmente permanente e requer tratamento por toda vida; no entanto, o paciente pode contar com uma vida estável e com muita qualidade, isto porque os tratamentos disponíveis no mercado apoiam grandemente[algarveprimeiro.com]
  • O tratamento do hipopituitarismo exige reposição hormonal durante toda a vida. 1-3 A adesão terapêutica deve ser consistente e minuciosa, uma vez que o prognóstico será favorável se o tratamento for adequado e precoce. 1-3 A neuroimagem é fulcral para[scielo.mec.pt]
  • O prognóstico de estatura final será tanto melhor quanto mais alta a criança estiver ao iniciar a puberdade. O GH deve ser administrado por via subcutânea, diariamente.[scielo.br]

Etiologia

  • A ausencia de história sugestiva de etiologia vascular ou traumática assim como de lesôes hipofisárias identificáveis conduziu ao estudo de etiologias pouco frequentes de insuficiencia hipofisária.[cyberleninka.org]
  • Recentemente, estudos de genes envolvidos na organogênese hipofisária e secreção de GH, como HESX1, LHX3, LHX4, PROP1, PIT1, GH1 e GHRH-R, ajudaram a elucidar a etiologia do hipopituitarismo congênito.[bv.fapesp.br]
  • A clínica é variável e depende da etiologia, evolução temporal e hormonas envolvidas. Caso: Criança do sexo masculino com 2 anos, trazida à urgência por alteração súbita da consciência.[scielo.mec.pt]
  • ETIOLOGIA E FISIOPATOLOGIA PRINCIPAIS CAUSAS - Tumores. Adenomas hipofisários; Craniofaringeomas; Meningeomas; Gliomas; Cordomas; Pinealomas; Metástases (câncer de pulmão, mama, etc). - Outras lesões compressivas ou mecânicas.[mairimed.com]
  • O tratamento de deficiências adeno-hipofisárias por irradiação não difere das demais etiologias. No entanto, algumas observações serão feitas (11).[rb.org.br]

Epidemiologia

  • EPIDEMIOLOGIA O hipopituitarismo anterior apresenta incidência de 12 a 42 casos/milhão/ano e prevalência de 300 a 455 casos/milhão, ambas provavelmente subestimadas se forem considerados os casos pós-traumatismo craniano com a lesão cerebral, o que representa[mairimed.com]
  • Essa revisão foi organizada por deficiência hormonal e cada um desses tópicos inclui epidemiologia, etiologia, apresentação clínica, diagnóstico, preparações hormonais disponíveis para o tratamento de cada deficiência, dosagens, vias de administração,[scielo.br]
Distribuição por sexo
Distribuição por idade

Fisiopatologia

  • ETIOLOGIA E FISIOPATOLOGIA PRINCIPAIS CAUSAS - Tumores. Adenomas hipofisários; Craniofaringeomas; Meningeomas; Gliomas; Cordomas; Pinealomas; Metástases (câncer de pulmão, mama, etc). - Outras lesões compressivas ou mecânicas.[mairimed.com]

Perguntar

5000 Caracteres restantes Formate o texto usando: # Cabeçalho, **negrito**, _itálico_. Código HTML não é permitido.
Ao publicar esta pergunta, concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade.
• Use um título preciso para a sua pergunta.
• Faça uma pergunta específica e forneça idade, sexo, sintomas, tipo e duração do tratamento.
• Respeite a sua própria privacidade e a de outras pessoas. Nunca publique nomes completos ou informações de contacto.
• Perguntas inapropriadas serão excluídas.
• Em casos urgentes, entre em contacto com um médico, visite um hospital ou ligue para um serviço de emergência!