Edit concept Question Editor Create issue ticket

Embolismo pulmonar tumoral


Apresentação

  • O tromboembolismo pulmonar é considerado a apresentação clínica mais grave do TEV e uma das suas principais causas de mortalidade, morbidade e hospitalização.[fcm.unicamp.br]
  • Achados Clínicos Os pacientes com EP podem ter uma apresentação clínica que varia desde o paciente assintomático até quadros de morte súbita. Pacientes com comorbidades semelhantes podem ter apresentações clínicas drasticamente diferentes.[medicinanet.com.br]
  • Esse tumor é mais frequente nas mulheres e clinicamente sua apresentação é semelhante a tromboembolismo pulmonar, sendo o diagnóstico entre essas duas doenças um desafio clínico 2.[sbcm.org.br]
  • APRESENTAÇÃO CLÍNICA EP confirmada (n 219) EP excluída (n 546) Sintomas Dispneia 80% 59% Dor torácica (pleurítica) 52% 43% Dor torácica (retroesternal) 12% 8% Tosse 20% 25% Hemoptise 11% 7% Síncope 19% 11% Sinais Taquipneia ( 20/min) 70% 68% Taquicardia[pt.slideshare.net]
  • A clínica é muitas vezes inespecífica até um estadio avançado da doença, com a tríade clássica de dor no flanco, hematúria e massa abdominal palpável a surgir como forma de apresentação em apenas 6-10% dos casos.[scielo.mec.pt]
Dor torácica
  • Classicamente, os pacientes desenvolvem sintomas de dispneia e dor torácica pleurítica, bem como sinais de cor pulmonale, que se desenvolvem no decorrer de semanas a meses.[msdmanuals.com]
  • A dor torácica subesternal também é comum, afetando 25 a 50% dos pacientes. Os outros sinais e sintomas incluem Hipertensão pulmonar visível por vasos excessivamente dilatados (seta vermelha) associado a enfisema pulmonar (seta azul).[pt.wikipedia.org]
  • Em frequência menor, nas cavidades ventriculares (obstruindo a via de saída, que pode acarretar sintomas como dor torácica, dispneia ou sincope) podem levar a fenômenos embólicos.[pebmed.com.br]
  • A dor torácica com características pleuríticas é o segundo sintoma mais comum de EP, embora cerca de metade de todos os pacientes diagnosticados com EP no departamento de emergência (DE) não apresente queixa de dor torácica.[medicinanet.com.br]
Dispneia
  • Classicamente, os pacientes desenvolvem sintomas de dispneia e dor torácica pleurítica, bem como sinais de cor pulmonale, que se desenvolvem no decorrer de semanas a meses.[msdmanuals.com]
  • […] páginas 50 Números de download 1000 Número de visitas Descrição A Embolia Pulmonar (EP) é ocasionada pela presença de materiais, endógenos ou não, que chegam aos pulmões, obstruem em grau variado seus vasos, e determinam uma série de manifestações, como dispneia[docsity.com]
  • Após a última sessão de quimioterapia, retorna ao hospital com queixa de queda do estado geral, febre, tosse e dispnéia. Antecedentes: menopausada há 6 anos; nega reposição hormonal. G4P4C1.[fcm.unicamp.br]
  • O paciente encontra-se com dispneia leve aos grandes esforços, ativo, com bom estado geral. Infelizmente, após término da quimioterapia, recusou-se a programação cirúrgica.[sbcm.org.br]
  • Sinais e sintomas A dispneia é o principal sintoma da hipertensão pulmonar, ocorrendo, a principio, com esforço e, mais adiante, em repouso. A dor torácica subesternal também é comum, afetando 25 a 50% dos pacientes.[pt.wikipedia.org]

Exames clínicos

  • Devido a sintomas e achados de exames clínicos comuns à embolia pulmonar, o diagnóstico diferencial entre essas duas doenças por vezes é mandatório 6. Exames complementares são fundamentais para o diagnóstico do sarcoma da artéria pulmonar 1.[sbcm.org.br]

Tratamento

  • A posologia aprovada para a artrite reumatóide e artrite psoriática é de 5 mg duas vezes ao dia; para a colite ulcerosa, o tratamento inicial é de 10 mg duas vezes ao dia.[aenfermagemeasleis.pt]
  • Os doentes não devem interromper o tratamento ou alterar a dose de Xeljanz sem falar com o seu médico.[netfarma.pt]
  • Enquanto para a artrite reumatoide e artrite psoriática, a posologia aprovada é de 5 mg duas vezes ao dia, para a colite ulcerosa o tratamento inicial é de 10 mg duas vezes/dia.[indice.eu]
  • O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença.[oncoguia.org.br]
  • In: Tratamento do Tromboembolismo Venoso. 2001. Ribeirão Preto – SP.[gineco.com.br]

Prognóstico

  • A maioria dos autores concorda que quanto mais precoce for diagnóstico, o sarcoma da artéria pulmonar e o tratamento combinado for realizado melhor será o prognóstico do paciente 1,10.[sbcm.org.br]
  • O primeiro tem pior prognóstico do que o papilar ou cromofóbico, contudo, apresenta uma maior taxa de resposta à terapêutica sistémica do que os outros tipos histológicos. O cromofóbico tem o melhor prognóstico, sendo o menos agressivo [3,4,6].[scielo.mec.pt]
  • O TEV é também um fator prognóstico independente de mortalidade.[gescat.pt]
  • PROGNÓSTICO • Depende do tamanho do êmbolo • Depende da condição prévia do sistema cardiovascular e respiratório • Casos graves: MORTE (1-2 horas) • Recorrência de EP em não-tratados: 50% – Mau-prognóstico 42. BIBLIOGRAFIA 1.[pt.slideshare.net]
  • A tomografia computadorizada helicoidal consegue excluir outros diagnósticos e fornecer informações sobre o prognóstico do paciente19,21.[rbqueimaduras.com.br]

Etiologia

Epidemiologia

  • EPIDEMIOLOGIA Estão documentados vários estudos sobre a sua incidência, contudo, muitos dos casos não são detectados e outros são detectados post-mortem.[pt.slideshare.net]
  • Neste trabalho descreve-se o caso clínico de um doente com carcinoma de células renais, abordando-se aspectos da epidemiologia, patologia, diagnóstico, classificação, prognóstico e tratamento cirúrgico, com ênfase na técnica operatória e nas suas particularidades[scielo.mec.pt]
Distribuição por sexo
Distribuição por idade

Fisiopatologia

  • FISIOPATOLOGIA Principais consequências da embolia: hemodinâmicas. Manifestações tornam-se evidentes quando obstrucção do lúmen da a. Pulmonar 30-50%.[pt.slideshare.net]
  • Esse fato é comumente atribuído ao fracasso no suporte hemodinâmico em virtude da complexa fisiopatologia do choque.[rmmg.org]
  • Estudos têm destacado a importância da sepse e da queimadura em extremidades como fatores de risco8,15 e da deficiência de antitrombina III na fisiopatologia do tromboembolismo venoso nos pacientes queimados7,11,15,16.[rbqueimaduras.com.br]
  • A pesquisa sobre a patologia, método de diagnóstico e as formas mais utilizada para o tratamento do mixoma cardíaco foram definidas por abrangerem áreas estudadas durante o curso (fisiopatologia, imagenologia e citologia) que colaborará para que o conhecimento[monografias.brasilescola.uol.com.br]
  • Fisiopatologia Os coágulos sanguíneos ocorrem quando o estado pró-coagulação excede a remoção por fibrinólise. As trombofilias são condições que desequilibram o equilíbrio entre a fibrinólise e a coagulação em relação a um excesso de coagulação.[medicinanet.com.br]

Prevenção

  • No momento, uma empresa nacional enviou ao Incor vários equipamentos para verificar o de melhor desempenho na prevenção da trombose a fim de introduzi-lo nas aeronaves.[drauziovarella.uol.com.br]
  • Alguns autores [9] propõem a colocação de filtro na VCI abaixo das veias suprahepáticas para prevenção de embolia pulmonar.[scielo.mec.pt]
  • Vários estudos já demonstraram a eficácia da embolização no tratamento e prevenção de hemorragia 1 - 4.[ncbi.nlm.nih.gov]
  • Novas pesquisas são necessárias para o amadurecimento dessas hipóteses, a fim de melhor entender a ELA e guiar sua terapia e prevenção. REFERÊNCIAS 1. Meyer JR. Embolism pulmonary caseosa. Braz J Med Biol Res. 1926;1:301-3. 2.[rmmg.org]

Perguntar

5000 Caracteres restantes Formate o texto usando: # Cabeçalho, **negrito**, _itálico_. Código HTML não é permitido.
Ao publicar esta pergunta, concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade.
• Use um título preciso para a sua pergunta.
• Faça uma pergunta específica e forneça idade, sexo, sintomas, tipo e duração do tratamento.
• Respeite a sua própria privacidade e a de outras pessoas. Nunca publique nomes completos ou informações de contacto.
• Perguntas inapropriadas serão excluídas.
• Em casos urgentes, entre em contacto com um médico, visite um hospital ou ligue para um serviço de emergência!