Edit concept Question Editor Create issue ticket

Doença renal crónica


Apresentação

Náusea
  • Nas fases iniciais da IR, quando as manifestações clínicas e laboratoriais são mínimas ou ausentes, o diagnóstico pode ser sugerido pela associação de manifestações inespecíficas (fadiga, anorexia, emagrecimento, prurido, náusea ou hemólise, hipertensão[scielo.br]
Fadiga
  • Nas fases iniciais da IR, quando as manifestações clínicas e laboratoriais são mínimas ou ausentes, o diagnóstico pode ser sugerido pela associação de manifestações inespecíficas (fadiga, anorexia, emagrecimento, prurido, náusea ou hemólise, hipertensão[scielo.br]
Hipertensão arterial
  • Quanto às doenças associadas, 42,4% dos pacientes possuiam Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), 24,9% não possuiam comorbidades, 19,8% HAS e DM.[scielo.br]

Tratamento

  • Tempo de início do tratamento A maioria dos pacientes (86,6%) estava em tratamento entre menos de 1 a 5 anos.[scielo.br]

Etiologia

  • WCN 2007/NURSING MEETING Caracterização e etiologia da insuficiência renal crônica em unidade de nefrologia do interior do Estado de São Paulo Caracterización y etiología de la insuficiencia renal crónica en unidad de nefrología del interior del Estado[scielo.br]

Prevenção

  • Cardiologia preventiva: prevenção primária e secundária. 5a ed. São Paulo: Atheneu; 2000. [ Links ] 16. Barros E, Thomé F. Prevenção das doenças renais. In: Barros E, Manfro RC, Thomé F, Gonçalves LF, colaboradores.[scielo.br]

Perguntar

5000 Caracteres restantes Formate o texto usando: # Cabeçalho, **negrito**, _itálico_. Código HTML não é permitido.
Ao publicar esta pergunta, concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade.
• Use um título preciso para a sua pergunta.
• Faça uma pergunta específica e forneça idade, sexo, sintomas, tipo e duração do tratamento.
• Respeite a sua própria privacidade e a de outras pessoas. Nunca publique nomes completos ou informações de contacto.
• Perguntas inapropriadas serão excluídas.
• Em casos urgentes, entre em contacto com um médico, visite um hospital ou ligue para um serviço de emergência!