Edit concept Question Editor Create issue ticket

Cobre hepático alto


Apresentação

  • Em pacientes com doença de Wilson, o acúmulo é crônico com apresentação clínica entre 6-40 anos, cujos efeitos incluem cirrose hepática, problemas neurológicos, alterações escleróticas e hemólise.[laboratoriorocha.com]
  • Modo de utilização Apresentação[lizbird.com]
  • Comparação de tetratiomolibdato e trientina em um estudo duplo-cego do tratamento da apresentação neurológica da doença de Wilson. Arch Neurol. Abril de 2006; 63 (4): 521-7. Site da Fundação Canadense do Fígado. Disponível em: .[hospitalinfantilsabara.org.br]
Comportamento agressivo
  • Os sintomas de excesso de cobre no fígado incluem: Icterícia Abdômen inflamado Dor no abdome Náusea Sangue vómito Os sintomas do excesso de cobre no cérebro incluem: Depressão Ansiedade Alterações de humor Comportamento agressivo ou outro comportamento[hospitalinfantilsabara.org.br]
Náusea
  • Caracteriza-se por náuseas, vômitos, queimação epigástrica e diarréia.[blog.clubedaquimica.com]
  • Os efeitos do acúmulo de cobre incluem náuseas, vômitos, dor epigástrica, diarréia, hemólise, necrose hepática, sangramentos gastrointestinais, hipotensão, taquicardia, problemas neurológicos e até morte. A toxicidade aguda ocorre por ingestão.[laboratoriorocha.com]
  • O consumo de quantidades bem pequenas de cobre pode provocar náuseas, vômitos e diarreias.[msdmanuals.com]
  • Os cálculos biliares, popularmente conhecidos como pedras na vesícula, podem causar náuseas, vômitos, desconforto abdominal, intolerância a alimentos gordurosos, gases, inchaço, sensação de gosto amargo e dores de cabeça.[hospitaloswaldocruz.org.br]
  • Os sintomas de excesso de cobre no fígado incluem: Icterícia Abdômen inflamado Dor no abdome Náusea Sangue vómito Os sintomas do excesso de cobre no cérebro incluem: Depressão Ansiedade Alterações de humor Comportamento agressivo ou outro comportamento[hospitalinfantilsabara.org.br]
Dor abdominal
  • Uma doenуa que pode ser silenciosa, sem manifestaушes clьnicas, ou dar sinais de sua presenуa com dor abdominal crЗnica, geralmente associada ao aumento do fьgado, diabetes, perda de libido, atrofia testicular, manifestaушes cardьacas, como arritmias,[em.com.br]
Fadiga
  • […] pessoas, o excesso de cobre tende a se acumular no sangue e com isto esgotar as reservas de zinco do cérebro, causando oxidação da vitamina A, diminuindo a vitamina C, provocando dores musculares e nas juntas, distúrbios no aprendizado, depressão e fadiga[vivaintegral.com.br]
  • […] nutrientes ( distúrbios de má absorção, como a doença celíaca, a doença de Crohn, a fibrose cística ou espru tropical) Cirurgia para perda de peso (bariátrica) Consumo de muito zinco, que reduz a absorção de cobre Os sintomas da deficiência de cobre incluem fadiga[msdmanuals.com]

Tratamento

  • O tratamento não pode curar o problema subjacente do acúmulo de cobre, portanto, você deve continuar o tratamento por toda a vida.[hospitalinfantilsabara.org.br]
  • Ocasionalmente, o óbito ocorre apesar do tratamento. OBS.: Esta é a versão para o consumidor.[msdmanuals.com]
  • Com tratamento, é possível curar o fígado, mas se nada for feito ao longo do tempo as cicatrizes tornam-se permanentes (isto é chamado de cirrose) quando então o fígado luta para fazer seu trabalho.[hepato.com]
  • Recomendações de Nutrientes nas Doenças Hepáticas Em 1997, a Sociedade Americana de Nutrição Clínica e Metabolismo publicou algumas recomendações em adultos para a doença hepática e seu tratamento. Veja a tabela.[hospitalsiriolibanes.org.br]

Prevenção

  • Prevenção Atualmente, não há diretrizes para prevenir a doença de Wilson. No entanto, quando identificado precocemente, o tratamento pode impedir o desenvolvimento de sintomas.[hospitalinfantilsabara.org.br]

Perguntar

5000 Caracteres restantes Formate o texto usando: # Cabeçalho, **negrito**, _itálico_. Código HTML não é permitido.
Ao publicar esta pergunta, concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade.
• Use um título preciso para a sua pergunta.
• Faça uma pergunta específica e forneça idade, sexo, sintomas, tipo e duração do tratamento.
• Respeite a sua própria privacidade e a de outras pessoas. Nunca publique nomes completos ou informações de contacto.
• Perguntas inapropriadas serão excluídas.
• Em casos urgentes, entre em contacto com um médico, visite um hospital ou ligue para um serviço de emergência!